quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Especial Gestante - Quando chega o positivo

Eu nunca aguardei um positivo, não ficava na neura para engravidar, nenhum dos quatro filhos foi realmente programado.
São amados e queridos mas a programação que muitas mulheres fazem mudando seus hábitos para engravidar eu nunca fiz.
Mas mesmo programando, ainda surgem algumas dúvidas e medos após o positivo. Eu descobri cada gestação de um jeito, o Adrian foi ouvindo o coração, (já estava com quase 20 semanas), Bj descobri com um exame de sangue, Baby foi durante uma ecografia e Bel com teste de farmácia.
 E então o que fazer e como nosso corpo fica?

O primeiro passo é consultar um ginecologista obstétrico, ele irá pedir exames em todas as fases da gestação e irá acompanhar o desenvolvimento da gestação, ele deverá ser alguém em quem confie, pois isso será fundamental para a sua tranquilidade durante a gravidez.

Após os resultados dos exames ele poderá ou não inserir algumas vitaminas para seu consumo, geralmente até o final do terceiro mês eles prescrevem ácido fólico, ideal para formação dos ossos, e depois do sexto mês o sulfato ferroso pode entrar em cena para que suas reservas sejam preenchidas.

Confesso que só tomei agora na gestação da Bel, antes nunca foi receitado nada, então fiquem tranquilas caso não solicitem isso para você.

O início da gestação é um momento de cuidado, seu corpo está recebendo uma nova condição, podem  enjoos frequentes, principalmente pela manhã, eu tomava água com limão, consumia frutas geladas, sopas de legumes mornas e procurava não encher demais o estômago e nem deixá-lo vazio, na gestação da Bel tive que tomar um remédio contra enjoo, pois estava desidratando, converse com o médico caso sinta-se muito fraca.


Alguns outros sinais que o corpo dá:
Bexiga: o aumento de vontade de urinar é normal principalmente no primeiro trimestre e no final da gestação;
Cabelos: durante a gravidez podem ficar mais grossos e brilhantes, após o nascimento por conta dos hormônios podem cair, depois de um certo tempo eles voltam ao normal;
Coração: geralmente aumenta uns 15 batimentos por causa do esforço do corpo;
Pés: inchaço nos  pés e pernas são comuns principalmente nos últimos meses, deitar com as pernas elevadas ajuda muito;
Seios: aumentam de tamanho e de sensibilidade, não é necessário passar nada.

O que não devemos fazer?
*Pintar os cabelos ou fazer progressiva;
*Fumar, isso aumenta o risco de aborto e de má formação;
*Usar qualquer medicamento sem prescrição;
*Tomar sol sem protetor solar.

Esse momento será único, mesmo que nem sempre seja fácil, a boa notícia é que assim que seu bebê nascer não lembrará com tanta intensidade.
Procure conversar com quem te faz bem e evitar pessoas negativas nessa fase, ficamos muito sensíveis e sugestionáveis.

E parabéns!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário